Revista Galaxy: Eu não mereço ser estuprada

29 março 2014

Eu não mereço ser estuprada



Na quinta-feira (27), minha timeline do Facebook foi inundada por comentários de amigos chocados com os resultados da pesquisa do Ipea sobre a percepção do brasileiro acerca da mulher. Os dados realmente mostram uma realidade absurda: 65% dos entrevistados acreditam que mulher que usa roupa curta merece ser atacada. Pior: 66% dos entrevistados eram... Mulheres. Como assim?
Indignada com os resultados da pesquisa, a jornalista Nana Queiroz criou um evento no Facebook para o protesto online "#EuNãoMereçoSerEstuprada", que já tem até agora 32.000 convidados e mais de 2.000 presenças confirmadas. A ideia é postar no perfil uma selfie com a hashtag do protesto às 20h desta sexta (28).
Fonte: Brasil post


Isso rendeu vários textos na internet e eu também resolvi dar a minha opinião.
  • Não sei em que base essa pesquisa foi embasada mas mesmo assim achei um absurdo e acho que você mulher também, como assim a culpa do estupro é da nossa roupa ? Os homens são tão machistas que conseguem fazer até as mulheres acreditarem que tem culpa.
    A maioria dos estupros são feitos com crianças,mãe de família, adolescentes, jovens, senhoras que na maioria das vezes estão sim totalmente vestidas, então como a roupa vai influenciar algo assim? OI?
    Gostaria saber por que diabos as pessoas acham que só porque estou com uma saia mais curta, um vestido mais apertado quer dizer que estou querendo ser abusada sexualmente ou verbalmente.
    Vivemos em um mundo em que o sexo ao invés de ser uma demonstração de amor e carinho é uma forma de violência.
    Ai dizem que a mulher não se da o respeito, e sim a maioria delas se valorizam, nos valorizamos quando uma criança é gerada dentro de nós, quando saímos cedo e vamos trabalhar para ajudar a sustentar a casa, para poder termos nossa liberdade, coisa que não se era possível a anos atras, tivemos que conquistar nosso espaço e ainda sim somos vitimas de pre conceito todos os dias e nós mesmas comentemos isso quando vemos alguma mulher fazendo algo no transito na maioria das vezes falamos "Ah só podia ser mulher".
    Vamos ser respeitadas quando começarmos a nos respeitar, somos dignas disso e ninguém é melhor que ninguém para dizer o que podemos ou não vestir.
    Não merecemos ser estupradas, na verdade ninguém merece e ninguém quer.





XOXO Mari

2 comentários :

  1. é uma indignação total..eu sempre me questionei pq não poderia sair na rua de saia, ou usando a roupa que eu queria? pq eu tenho que me "comportar" e esses monstros não podem ser culpados por uma atrocidade dessas...
    é horrivel, ainda bem que está tendo essa repercussão. Sinal que não penso sozinha..

    seu blog é lindo! <3
    beijos,
    Blog Call me Lari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tive o um gênio forte e sempre questionei essa questão com meus país em casa, uma roupa não muda o caráter de ninguém.
      A roupa pode ser a mair provocante que for, o cara não tem o direito de pegar ninguém a força, sexo é amor, carinho, respeito e não violência!!

      Beijos e Obrigada pelo carinho!

      Excluir