Revista Galaxy: Resenha "Apegados"

14 fevereiro 2014

Resenha "Apegados"

Sinopse:


Cada vez mais fazemos uso da pesquisa científica para conquistar melhor qualidade de vida. Sabemos o que devemos ou não comer, conhecemos o tipo de exercício que devemos praticar e por quanto tempo devemos fazê-lo, aprendemos alternativas viáveis para conquistar o sono revigorante... No entanto, nossos relacionamentos amorosos, parte importante de nossa vida, não parecem tão avaliados e estudados. Geralmente temos a sensação de que essa coisa de amor é um assunto da sorte. Mas será possível que a ciência explique por que algumas relações são produtivas e enriquecedoras, enquanto outras nos deixam perturbados e alienados? Pode a ciência explicar como muitos criam vínculos amáveis sem esforço algum, enquanto outros têm que lutar tanto pelo amor? Para o psiquiatra Amir Levine e a psicóloga Rachel Heller, a resposta é um evidente “sim”. Em "Apegados" — livro baseado nas pesquisas da Teoria do Apego, de John Bowlby —, os autores revelam como compreender os mecanismos de afeição que se criam entre os adultos, o que certamente nos ajudará a encontrar e a manter o amor. Seja você do tipo “ansioso”, “seguro” ou “evitante”, Levine e Heller se encarregam de oferecer instrumentos suficientes para que você possa construir relações mais fortes e reparadoras com as pessoas que ama.

Ao ler o título "Apegados", achei que era um livro de romance, mas na verdade é um livro de auto-ajuda. O que já fez com que eu ficasse de cara feia pro livro, pois é um gênero que não me agrada de jeito nenhum. Mas resolvi ler.
Bati com a cara no vidro! O livro é muito bem escrito e eles discutem animadamente sobre o apego.
São vários os livros que falam sobre o apego, o amor, etc..nunca foi uma leitura que me interessou, mas já li alguns. E de todos, esse é o que falou de forma que mais fez prender a atenção. Vemos como as histórias das pessoas podem se relacionar com a nossas, o que mostra que as vezes podemos ser tão parecidos com as outras pessoas. Temos os mesmos erros, vícios, conflitos..mas não queremos ver nem aceitar nada disso quando o assunto é com a gente.
Dividido em quatro partes, somos ensinados sobre os diferentes tipos de apego, nos ajudando a identificar o nosso, demonstrando os perigos que podem levar ao rompimento e também como podemos fazer pra ter algo bom e durável.
Não sei se acredito nesse tipo de coisa de que podemos ser ensinados a conduzir um relacionamento, partindo do princípio que cada um tem seu modo de ser e as possibilidades são infinitas. Sem contar que, por mais tempo que a gente passe com alguém, ainda não é o suficiente pra conhecermos ela completamente.
Apesar de o livro ser bem legal, indico apenas pra quem realmente gosta desse gênero.


Você já leu? O que achou do livro?


Por: Amanda Valverde

8 comentários :

  1. Quando vi a capa pela primeira vez também achei que fosse um romance rs
    Também não curto muito esse gênero, já li alguns livros de auto ajuda só para passar o tempo mesmo, mas são legais para nós refletirmos um pouco mesmo e o tema abordado por este livro parece bem interessante! :)

    ResponderExcluir
  2. Pensei que fosse um livro de romance kk, não curti muito, não sou muito apegada a livros de auto ajuda

    ResponderExcluir
  3. Também achei que era romance, mas quando li a resenha falando que era auto-ajuda, eu realmente não tive vontade de ler!

    ResponderExcluir
  4. Quando adolescente era viciada em livros de autoajuda, porém agora com mais experiência de vida, acho tudo uma bobagem. Claro que temos muitos traços em comum de personalidade com as outras pessoas, mas nossas decisões são sempre baseadas em nossa experiência de vida que aí sim, é única e exclusiva.

    ResponderExcluir
  5. Fiquei bem curiosa pra ler!! Quando vi esse livro pensei que se tratava de um romance mas, gostei muito do tema que o livro aborda afinal quem nunca passou por um relacionamento dificil ou uma crise no casamento.Acho que esse livro nos faz refletir sobre nossas escolhas. Adorei sua resenha, com certeza comprarei esse livro =)

    ResponderExcluir
  6. Não fiquei muito curiosa para ler esse livro, não gostei muito dele não rolou a quimica, mas gostei de sua resenha...
    :D

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, apesar de não gostar muito do estilo do livro. bjs

    ResponderExcluir