Resenha "Garota, Interrompida" - Revista Galaxy

Últimos Posts

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Anúncio

21 janeiro 2014

Resenha "Garota, Interrompida"

Sinopse:



Quando a realidade torna-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade. Susanna Keysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era logo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é sanidade? Garotas interrompidas.


O livro Garota, Interrompida, foi escrito por Susanna Kaysen e tem base nas experiências vividas pela própria autora, o que desde o inicio me deixou bem curiosa pela leitura!
Susanna tem 18 anos e é uma das jovens que está assustada e incerta sobre o futuro, afinal em pleno ano de 1967 a Guerra do Vietnã estava "a todo vapor". Ela se recusa a seguir os padrões da época, e quando tenta suicídio -ingerindo comprimidos de Aspirina mais do que deveria- os pais a orientam para ela se internar e, voluntariamente, ela aceita.
Já internada, Susanna passa a pensar muito sobre as questões da vida. Ela faz amizade com as outras garotas internadas também, e Lisa é com certeza a que se destaca. Lisa é intensa e demonstra sua loucura de um jeito intenso, também.
A autora soube muito bem demonstrar os sentimentos de estar la dentro e também o que ela sentia. As vezes dava vontade de a gente arrumar um jeito de libertar elas desse mundo e fazer com que elas tivessem paz no pensamento e no coração.
Não é um livro de fácil leitura, então não espere isso. Ao ler o livro, você precisa de ter atenção e estar com o coração aberto, pois trata de adolescentes que estão tentando se encontrar em um meio que não é fácil para isso.
Eu assisti o filme logo em seguida, quando acabei de ler, para tentar ter uma visão mais real ainda do que foi o livro. Achei bem intenso! Para vocês terem uma ideia do filme, pra quem não assistiu ainda, deixo o trailer aqui para vocês verem:



Quem ai já leu o livro, o que achou?


Por: Amanda Valverde

4 comentários:

  1. Parece ser um ótimo livro, resenha maravilhosa :)

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito deste livro,muito interessante ser escrito de acordo com as experiências de vida da autora!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Não li o livro, mas o filme eu assisti, muito bom! Queria muito ler o livro!

    ResponderExcluir
  4. Estou curiosa e ansiosa pra ler este romance. Só leio resenhas e cada vez mais fico apaixonada pela personagem. Preciso urgente deste romance em minha vida. Beijos.

    ResponderExcluir

Anúncio

Anúncio