Revista Galaxy: Resenha "O lago místico"

02 fevereiro 2015

Resenha "O lago místico"

Sinopse:


Esposa e mãe perfeita, Annie vê o seu mundo desabar de uma hora para outra quando é abandonada pelo marido. A fuga momentânea é para Mystic, a pequena comunidade onde ela cresceu e onde o seu pai ainda vive. Lá, Annie começa a se reerguer novamente, descobrindo o amor por si mesma, por um velho amigo solitário e por uma garotinha que acaba de perder a mãe. Tudo está se encaixando na vida de Annie. Nick e Izzy se tornaram uma parte importante de seu processo de cura, e ela também se tornou essencial para a sobrevivência da relação entre pai e filha. Até que o seu ex-marido reaparece... e a tranquilidade rapidamente dá lugar ao desespero. Kristin Hannah encanta mais uma vez com uma história comovente, sensível e verdadeira sobre perda, paixão e os fios frágeis que unem as famílias.


Annie sempre foi aquele tipo de mulher dedicada, ótima esposa e ótima mãe. Ela vive para cuidar da filha e do marido. Sua filha decide fazer um intercâmbio, e depois que se vai, seu mundo desmorona. Por que? Porque o marido diz que ama outra, e quer se separar. 20 anos cuidando dos dois, e de repente tudo se vai. O marido querendo outra, e a filha morando longe.
Após essa mudança, Annie vai pra casa do seu pai, Hank, na cidade em que ela cresceu. Após alguns dias de depressão em sua cama, sem querer levantar, ela escuta novamente sobre Nick, e descobre que ele tem uma filha, chamada Izzy, com sua melhor amiga, que infelizmente faleceu. Ele está se afogando na bebida, e sua filha está cada vez mais se perdendo, não falando nada.
A escrita do livro é bem incrível. Essa parte de Nick com Izzy emociona bastante.
Aos descobrir sobre toda a situação, ela resolve cuidar de Izzy, resolve se envolver. Ela sempre soube cuidar de sua filha, era uma das únicas coisas que sabia. E ela usou isso para tentar sair de sua depressão e ainda poder ver se conseguia ajudar um velho amigo.
O livro começa a ficar mais interessante a partir disso...muito interessante. O apego dela pela menininha, os sentimentos que começam a surgir (novamente)...sentimentos antigos voltando a tona. Arrependimento. Nova vida. Tudo é descrito de forma gostosa, de um jeito que a leitura flui.

Há elementos que vão surpreender, e você vai pensar: "Não, não, isso não pode estar acontecendo." e desejar que seja uma piada da autora, que ela apague algumas linhas e escreva diferente.


Vocês já leram esse livro? O que acharam?

Um comentário :

  1. Pelo título eu achei que realmente tivesse algo místico mesmo na história hahaha Mas isso não diminui meu interesse pelo livro. Deve ser daquele tipo de história que te deixa com o coração na mão em algumas partes.

    ResponderExcluir