Revista Galaxy: Resenha "De repente, é ele"

27 julho 2014

Resenha "De repente, é ele"

Sinopse:

Quando o destino cruza caminhos improváveis, como resistir? Jenna Fallon sempre foi uma mulher livre e decidida, que segue apenas uma única regra: ignorar regras. Então, quando seu carro quebra a caminho de Vancouver e ela é obrigada a pegar uma carona com um belo desconhecido, Jenna se encanta ao perceber que ambos possuem a mesma ideologia de vida: não se amarrar a ninguém... O biólogo Mark Chambers está sempre mudando de um local para outro – assim como nunca fica com uma única mulher. Quando ele e Jenna cruzam a costa do Pacífico acampando, mergulhando e fazendo o melhor e mais quente sexo de sua vida, Mark já não tem certeza se quer se despedir. Será que Jenna será corajosa o suficiente para encarar o desafio de ficar com o cara que pode ser perfeito para ela? De repente, é ele...

Já resenhei o primeiro livro, o "De repente, o amor", e não sei qual eu prefiro. "De repente, é ele" é o segundo livro da quadrilogia das Irmãs Fallon.
Nesse livro, as irmãs estão indo para casa para irem ao casamento da Merilee, a irmã mais nova.
Jenna é uma mulher inteligente e bem livre, e por ser tão livre, é considerada a irresponsável da família. A que não se preocupa com nada, apenas em sair e não saber para onde ir depois.
Indo para casa, seu carro quebra, e ela força um lindo moço, Mark Chambers, a dar carona a ela, pois caso contrário ela pediria carona por aí.
Mark é um biológo, e é completamente o oposto de Jenna. Enquanto ela não quer saber para onde vai depois, Mark com certeza quer saber para onde vai e ainda planeja toda e qualquer parada, todo e qualquer acontecimento,... Mas apesar desse e de outras diferenças, uma coisa que eles tem em comum é não querer ter um compromisso sério.
Nesse livro as irmãs aparecem mais, e o que achei legal foi que nesse a mãe mostrou para Jenna que ela é bem amada, e tirou todos os medos que a filha tinha e elas não sabiam. Se mostraram unidas, mostraram como faziam falta e tudo mais. Ela achava que era "a incompreendida", sem saber que todas se achavam assim por algum motivo ou outro.
Outra personagem que teve nesse livro, que gostei, mas não muito dela, foi a Adrienne, amiga de Mark, que ajudou ele muitas vezes a perceber o que as mulheres querem com ele.
O que mais gostei nesse livro é que não foi apenas cenas picantes, teve uma história, mostrou medos e confiança, e além de tudo, mostra que os opostos se atraem de um jeito que ninguém pode explicar.



Já leram o livro? O que acharam?

15 comentários :

  1. Adoro os livros de Suzan Fox, mais um pra lista de compras !!

    ResponderExcluir
  2. Não gostei muito dessa série. Muito chata e sem sal. Estava com grandes expectativas e me decepcionei. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. fiquei curiosa para conhecer nao so "de repente e ele" mas como toda quadrilogia. parece ser livros adultos bem bacanas.

    ResponderExcluir
  4. Esses livros às vezes me parecem todos iguais...eu costumava ler muitos de banca, não sei se é por isso que criei uma certa "aversão", pode-se dizer...na verdade eu acho que amadureci ou então endureci um pouco meu coração, daí essas histórias não me atraem mais tanto quanto antigamente...

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito dessa série da Susan Fox, e esse livro De repente é ele, foi o meu preferido, amei o biólogo Mark.

    ResponderExcluir
  6. ain eu amei >< muito romance muita pegaçao kkk , eu leria esse livro languilamente e rapidamente kkk, , amei a resenha .

    ResponderExcluir
  7. Oiiii, tenho dois livros, porém ainda não li, pois gosto de dar sequência, a hora que eu ler poderei dar minha opinião mais concreta! Acho as capas lindas e sempre pensei que fosse um conteúdo mais erótico, mas pelo visto não é! Bjooo
    www.moradadolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. eu to louca para ler esse livro,mas nunca encontra ele :(

    ResponderExcluir
  9. Nunca li Susan Fox, só Hannah Howell, mas pela sua resenha me parece bom... #partiu

    ResponderExcluir
  10. Só eu que ainda não li essa serie?! Enfim, estou doida para ler esses livros !!! A cada resenha fico mais curiosa para conhecer a histroia, espero poder fazer isso logo. Parabens pela resenha!

    ResponderExcluir
  11. Acho super legal essas séries que contam a vida de irmãs ou irmãos. Acho interessante toda a intereração. Gostei do espírito livre da personagem o que promete aventuras e esse encontro com o biólogo que parece um charme. A história parece leve e divertida. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  12. Caraca, como assim nunca vi e ouvi falar antes dessa história antes. Quero le-lo logo... vou procurar essa livro assim que terminar "Quem é você Alasca?" que também recomendo apesar que acontece uma tragedia no final com Alasca e mile(gordo)... mas voltando ao assunto que parece que vai dar o que falar esse livro " de repente, é ele" sim sim, de repente é ele, que vou ler logo logo... mega reenindico :D

    ResponderExcluir
  13. Cara! adorei a resenha ao lê-la acabei ficando com muita vontade ler o livro mas mesmo assim acho que não vou ler. Não por ser ruim mais porque eu sou uma chata que não gosta de livro hot kkkk... Beijos <3

    ResponderExcluir
  14. Oo Amanda, tudo bom? eu sou fã da escrita da Susan,pois tem algo que me conquista a cada livro lido..Eu li esse livro e gostei bastante, adoro quando outros personagens de livros anteriores aparecem... Li rapidinho, não consegui desgrudar..Eu gostei mais desse que do anterior..
    bjs e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir