Revista Galaxy: Resenha "A grande rainha"

09 fevereiro 2014

Resenha "A grande rainha"

Sinopse:

No planeta de Micropella reside uma menina simples e humilde, Aara, que foi aclamada como a Grande Rainha de Brenor, graças ao seu espírito puro. Era o ano de 1074 quando Mitrax, o principal líder dos anjos, decide se apoderar dos cristais de diferentes poderes espalhados entre os reinos. Ele envia os seus exércitos na captura desses objetos, liderados pelo príncipe gigante Tipreus e pela maga degenerada Meissa. Para enfrentá-los, Aara conta com a amizade do mago Aldebaran, professor da Ordem de Lumerae, e de seu escudeiro, o hilário Gdu. Neste primeiro livro da série A saga de Mitrax, que se situa na Era dos Grandes Reis e Rainhas, monstros, magos imortais são alguns dos grandes desafios. E a personalidade complexa dos elfos, ondinas, salamandras, entre outros, é explorada a fundo, afirmando-se como uma trama rica, de grande diferencial da literatura fantástica.

O livro começa com o autor falando um pouco do que veremos no livro. O que acho mega legal, pois nos ajuda a nos situarmos já logo de inicio.
Aara ajuda as pessoas a ficarem boas. Ela é uma linda e boa menina, mas sempre apanha do pai, que nunca está sóbrio quando ela chega em casa.
Aara aviso ao prefeito de que seriam invadidos, mas ele não acreditou. No dia seguinte, eles apareceram, e ela precisou correr para pedir ajuda ao Quasetudo. Aara acabou indo parar no lado proibido e encontrando duas pessoas.
Theobaldo, o menino, apegou pela mão para atravessarem o riacho. Quando estavam indo para Beliária, foram capturados por gnomos. Mas acabaram chamando Aara de rainha quando ela consegue fazer os vermes irem embora.
Foram para o castelo todos bem e salvos. Aara ajudou ao rei a se reestabelecer e a melhorar.
O lugar onde Aara mora agora está em segurança.
Eles testaram Aara para saber se ela era mesmo “A Grande Rainha”, e tudo começando a mudar.

Aara a cada dia descobre mais coisas e está descobrindo como esvaziar a mente e descobrindo também sobre sonhos. Ela aprende a preservar sua inocência.

"O espaço o tempo são coisas bastante relativas..e ilusórias." (pág: 123)
 O livro é de fácil leitura, é claro e bem escrito. Espero ter o próximo volume em breve. É uma leitura gostosa que te faz querer mais, e mais, e mais.


 Você já leu o livro? O que achou?



9 comentários :

  1. O livro parece interessante, mas achei o resenha sucinta demais

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li, mas achei legal a obra conter uma explicação da estória, vai evitar bastante que nos fiquemos perdidos no início do livro! Achei o enredo bem interessante, deve ser mesmo um ótimo livro :)
    beijos ♥

    ResponderExcluir
  3. Criaturas magicas, reis, rainhas, gigantes, itens mágicos realmente deve ser uma boa narrativa, é até divertido ler esse tipo de literatura, quem sabe me divirto assim como você.

    ResponderExcluir
  4. Deve ser muito bom ler esse livro, esquecemos totalmente do mundo real *-*

    ResponderExcluir
  5. Adoro esse tipo de livro, nos tira do mundo real!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu ganhei este livro e me apaixonei pela sinopse. Ainda não li, pois tenho uma loooooonga lista na frente mas tenho certeza que vou amar a leitura quando chegar a sua vez!!! #ansiosa

    ResponderExcluir
  7. Confesso q não conhecia esse livro. E lendo sua resenha, agora quero ler tbm, irei colocar na minha wishlist sem fim. Amooo livros de fantasia.

    ResponderExcluir
  8. Resenha linda, mas não é o meu gosto de leitura...apesar de o livro ser interessante..
    :D

    ResponderExcluir
  9. muito interessante, ainda não tinha ouvido falar do livro, mas pela resenha parece ser ótimo.

    ResponderExcluir