Revista Galaxy: Breakfast at Tiffany's (Bonequinha de Luxo - 1961)

19 dezembro 2013

Breakfast at Tiffany's (Bonequinha de Luxo - 1961)


Vencedor de dois Oscar, melhor canção e melhor trilha sonora filme dramático ou comédia.


 Lula Mae, conhecida como Holly Golightly(Audrey Hepburn) é uma acompanhante de luxo que vive a procura de homens milionários e sonha em tonar-se atriz em Hollywood, motivo pelo qual se mudou para Nova York. Holly é uma mulher inocente que vive no mundo das fantasias e se preocupa apenas com futilidades. Ela toma seus cafés da manhã em frente a ilustre joalheria Tiffany's quando se sente triste, apenas para esquecer seus problemas. Seus planos de se tornar milionária acabam quando Holly se apaixona por Paul Varjak (George Peppard), um escritor sustentado por sua decoradora e também acompanhante, mas que reluta em se entregar a um amor que vai contra aos seus objetivos de se tornar uma rica socialite.

Meninas e meninos, vale super apena assistir a este clássico, pois apesar de ser um tema que muitas pessoas criticam (prostituição/garotas de programa), o filme não deixa nada explícito e não tem nenhuma cena vulgar ou parecida. Antigamente as garotas de programa eram chamadas de acompanhantes, o que aparece neste incrível filme. Holly era muito esperta, sempre pegava o dinheiro e fugia, não tinha nenhuma relação com nenhum cliente. Bonequinha de Luxo é um filme melancólico, nostálgico, romântico e muito divertido, pois mostra um passado não tão distante que mesmo assim é bem diferente dos dias atuais.

Curiosidades:
Audrey Hepburn recebeu um salário de US$ 750 mil por sua atuação, o 2º maior salário pago até então a uma atriz. O 1º era o de Elizabeth Taylor em Cleópatra, de US$ 1 milhão.

Inicialmente, Bonequinha de Luxo seria estrelado por Marilyn Monroe.

Nenhum comentário :

Postar um comentário